Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

3. Tamanho não importa (Size doesn't matter)

Chegamos ao terceiro volume da série policial Os mistérios de Heather Wells. Definitivamente esse livro é melhor que os anteriores (que continue assim com os volumes restantes) nesse vemos Heather dando uma guinada na sua vida amorosa e finalmente abrindo os olhos e os sentimentos do seu amado senhorio Cooper o que deixa tudo mais interessante. Aqui, a investigação da morte do diretor substituto do Condomínio Estudantil faz revesamento com as neuras da Heather com seu namorado Tad, que desse modo oferece uma leveza maior a leitura já que não se resume somente a investigação do assassinato, vemos novos personagens e novas revelações. Cooper está com mais participação (finalmente, não aguentava mais as idas e vindas sorrateiras e curtas) e o final é o mais clichê de todos, mesmo assim, desejei ir para dentro da história do livro, só para poder participar desse esplendoroso/brega final. Correndo para ler o 4 volume.

SINOPSE: A ex estrela do pop Heather Wells não tem do que reclamar: seu …

2. Tamanho 44 não é gorda (Size 14 is Not Fat Either)

Tenho uma relação de amor e ódio com essa série. Li o primeiro volume (Tamanho 42 não é gorda) a muitos anos atras, nem chego a lembrar quantos, acho que uns 4 ou 5 enfim... Como uma fã inveterada da Meg Cabot eu não poderia deixar de dar uma segunda, terceira, quarta ou quinta chance a uma obra dela, afinal é MEG CABOT, então resolvi pela 3ª ou 4ª vez retomar o segundo volume da série os mistérios de Heather Wells e consegui conclui-lo. Até as ultimas páginas eu ainda não conseguia me conectar com a história, mas depois de muita luta eu consegui me encantar pelos personagens e até me surpreender com a trama. Não acho que seja a melhor série da autora mas darei continuidade aos volumes restantes.

SINOPSE: A ex-estrela pop Heather Wells está de volta, e como de costume vai se envolver em uma perigosa investigação. Ela é inspetora de um dormitório feminino da universidade de Nova York, e está acostumada com festas e brincadeiras estranhas das estudantes. Quando jovens começam a aparecer…

A Batalha do Apocalipse

Primeira literatura brasileira lida na vida! É com nenhuma vergonha que admito que tenho muito, mas muito preconceito com esse segmento. Porém Eduardo Spohr veio para me fazer reaver conceitos e quebrar paradigmas com seu belo trabalho retratando figuras bíblicas e cenários fabulosos. Demorei um pouco para me acostumar com o livro e esperei um longo período entre uma página e outra, mas quando reuni coragem suficiente para adentrar por inteiro a história simplesmente me apaixonei pela história e pelo anjo renegado Ablon. A história as vezes consegue se muito previsível mas o final me fez uma verdadeira surpresa e amei essa história ainda mais. 
SINOPSE: Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados …