Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2013

Cidades de Papel (Paper Towns)

John Green já é O CARA! e quando decide escrever um livro já é sinônimo de sucesso! aí ele decide ser o cara que lança um livro que cita "Canção de mim mesmo" de Walt Whitman, precisa falar mais alguma coisa? Genial, muito genial, metade do livro contem trechos da obra de Whitman, que sem querer querendo acaba contribuindo para história e nos traduz um pouco mais, a personalidade da personagem Margo.  as peripécias vividas por Quentin Jacobsen em busca da excêntrica Margo Roth Spiegleman são muito engraçadas, graças as linguagens nerd contidas no texto.  O livro passa informações interessantes a todo momento, como a própria curiosidade das cidades de papel. O final também é um ponto alto do enrendo, pois ele vai contra tudo o que se é esperado.
 Trecho do Livro:"Mas ainda há um tempo entre o momento em que as rachaduras começam a se abrir e o momento em que nós nos rompemos por completo. E é nesse intervalo que conseguimos enxergar uns aos outros, por que vemos além de …